BLOGGER TEMPLATES - TWITTER BACKGROUNDS

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Barulhos na noite

Isso tudo aconteceu quando eu tinha uns 8 anos. MUITAS coisas aconteceram. E sempre aconteciam de noite. O que é que a noite tem?Eu me lembro de uma noite, lá pela 1am, eu estava deitada na cama, acordada como sempre, quando de repente eu ouvi um carro parando na garagem e uma menininha dizer "tchau papai". Eu ouvi a porta do carro fechar, e o carro ir embora, e então um minuto mais tarde mais sou menos, eu ouvi um grito. Eu pulei da cama e olhei pela janela. Claro que não tinha nada, estava tudo na mais perfeita calma. O meu corpo arrepiou inteiro.Então, um mês depois, lá pela Meia Noite, eu estava acordada na cama de novo, tentando dormir. Eu dormia com a minha porta aberta nessa época. Então eu ouvi o que eu posso descrever como panelas batendo uma nas outras, e os queimadores do fogão sendo jogados no chão. Todas as janelas do andar de baixo estavam chacoalhando violentamente. Estava fazendo muito barulho! Eu fiquei tão assustada que eu me cobri com o cobertor e fiquei lá até dormir. No dia seguinte todos falaram que não ouviram nada durante a noite.Eu ouvia passos na escada. A minha cama ficava posicionada de um jeito que você podia ver perfeitamente o corredor inteiro. Ninguém nunca subia a escada. Os passos continuavam como se tivesse alguém subindo sem parar, como se a escada durasse para sempre. Eu também ouvia batidas vindo do meu (extremamente pequeno) armário. Só um "toc, toc, toc". E uma noite eu me levantei e fui olhar lá dentro. Não tinha nada, e quando eu voltei para a cama, "toc, toc, toc". Isso durou a noite inteira até eu dormir.Mas a coisa mais assustadora que já aconteceu comigo foi durante o dia!Eu estava sentada na sala com uma amiga minha brincando com os gatinhos que a minha gata tinha acabado de ter. Só tinha nós duas dentro de casa. De repente eu comecei a sentir o cheiro de fumaça de cigarro. A minha amiga perguntou para mim "você está sentindo esse cheiro?" e eu disse "Estou"então ela apontou para a TV e falou "OLHA!" A TV estava desligada, mas refletido nela dava para ver uma mulher em pé atrás da gente, fumando um cigarro. Eu virei para trás e ela não estava lá. Mais tarde eu falei para a minha mãe o que tinha acontecido, e ela começou a chorar. A mulher que eu descrevi para ela, era a descrição perfeita da mãe dela, a minha avó, que tinha morrido 6 anos antes.Muitas coisas estranhas aconteceram naquela casa. Eu ouvia vocês profundas vindo de trás da TV, quando ela estava desligada. Sussurravam o meu nome na minha orelha. Batidas vindo do andar de cima, quando estavam todos no andar de baixo. Passos de noite...Eu poderia ficar o dia inteiro escrevendo tudo o que já me aconteceu, mas acho que já da para você ter uma idéia.

1 comentários:

kelita disse...

..... li as histórias que colocaste aqui no blog..
São assustadoras... senti um frio percorrer as minhas costas enquanto lia os textos...

bjs